maio 17, 2014

Integração latino-americana chega ao audiovisual: rádios e TVs públicas vão compartilhar conteúdos



Acordo prevê que emissoras comprem de forma conjunta os direitos de transmissão de eventos esportivos

Emissoras públicas de rádio e TV da América Latina vão criar uma plataforma digital onde serão compartilhados conteúdos entre os países da região. A medida foi acordada por diretores dos meios de comunicação públicos no segundo dia do Mercado de Indústrias Culturais do Sul (Micsul), realizado na Argentina. O acordo também prevê que emissoras de Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Nicarágua, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela possam comprar de forma conjunta os direitos de transmissão de eventos esportivos.

O documento assinado nesta sexta-feira (16/05) durante o encerramento do Encontro de Meios Públicos da América Latina (Empal) também destaca a "a importância de compartilhar a experiência dos marcos normativos" sobre os meios de comunicação de cada país.

Neste sentido, o presidente da Rádio e Televisão Argentina (RTA), Tristán Bauer, destacou o “grande sucesso” da Lei de Meios aprovada pelo governo de Cristina Kirchner em 2009, e afirmou que a mesma "poderia ser um modelo" para toda América Latina.

No total, 32 meios públicos do continente participaram do encontro. Para o presidente do Sistema Rádio Nacional da Venezuela (RNV), Chevige González Marcó, o evento “nos permitirá avançar nas políticas de unidade e de coordenação da comunicação em nossos países para enfrentar a manipulação e as tentativas de desestabilização promovidas pelas grandes corporações”.

Durante o encontro também foi criado o Ministério da Cultura argentino.

O Micsul reúne até amanhã, em Mar del Plata (Argentina), artistas, produtores e representantes de todos os ramos da cultura da América Latina para apresentar suas novidades e vender suas últimas criações para empresas do continente e da Europa.

Agências públicas

Em abril, a União Latino-Americana de Agências de Notícias (Ulan), que reúne veículos de nove países da América Latina e do Caribe anunciou o lançamento, em agosto, do portal Ansur, que reunirá as principais notícias produzidas pelas agências de cada um dos países associados.

O novo portal terá conteúdo multimídia, com reportagens, fotos, infográficos, ilustrações, áudios e vídeos. O material será publicado em espanhol, português e inglês.

O objetivo da medida é fortalecer a relação e cooperação entre as agências e criar espaços plurais e democráticos a partir de uma visão latino-americana e caribenha. 

fonte: operamundi